A digitalização do mercado imobiliário

O mercado imobiliário sempre foi um termômetro para a economia e ainda é um dos maiores empregadores do país. Mas a forma de se vender um imóvel mudou.

A tecnologia entrou na jogada e com apenas um clique o cliente tem acesso a todas as informações disponíveis e fotos em segundos. Ou seja: as chances de se vender um imóvel sem que o mesmo esteja publicado em um site e nas redes sociais, vão diminuindo.

Vivemos na era digital e não podemos mais fugir dela. As pessoas estão cada vez mais atentas aos meios de comunicação, principalmente os virtuais, e querem dinamismo nas informações. E aí entra outra ferramenta importante: o whatsapp. Sim, uma ferramenta indispensável para troca de informações, fotos e encaminhamento de links. Viu, está tudo interligado!

Mas apesar do “boom” das redes sociais e da própria internet – as chamadas redes online – não se pode descartar os métodos chamados offline – folhetos e mídias impressas. Um complementa o outro. E assim fazemos o que chamamos de uma divulgação 360, onde o impresso interage com o virtual e vice-versa. Os resultados são surpreendentes.

E, para dar aquele “up” aos lançamentos imobiliários, mais um ponto para a tecnologia. As maquetes eletrônicas e o uso da realidade virtual geram a sensação de estar dentro do futuro imóvel. E isso é incrível!

É preciso estar atento às mudanças no marketing imobiliário. Caso contrário, a conversão em vendas estará cada vez mais distante.

Por Roger Fildimaque
Especialista em Marketing Digital para o mercado imobiliário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu